Loading...

domingo, 23 de janeiro de 2011

Xamanismo,minha primeira experiência com salvia.Purificaçao do corpo e da alma.



isso foi no dia 8 de novembro de 2010.



bem,hj eu tive minha iniciaçao com a divinorum,e fumei o extrato de 20x,junto ao amigo eric (no blog,naturalthing),e em questao de segundos,agente preparou no narg,sem carvao,com o isqueiro mesmo,eu pudxei durante uns 10 segundos,segurei mais uns 5 a 7,e soltei,quando soltei,em segundos eu pensei- ainda nao bateu,ta batendo,o q está acontecendo comigo. Ele entao perguntou,eu fiz o sinal d q tudo tava rodando,ele me mandou fechar os olhos,e.. BUM.eu ja nao estava mais aqui,quando dei por mim,estava num lugar q nakele momento me parecia familiar,mas eu ,nao era esse aqui q esta escrevendo,o jotapÊ,eu era um ser repleto de qualidades,defeitos e sentimentos,nao sabia meu nome,nem q eu tinha pai nem mae nem namorada,eu so sabia de mim,do meu abstrato,era como se eu fosse uma mente em um corpo,e esse corpo fosse um mundo inteiro,entao ja saindo dessa parte mais abstrata,eu(minha alma,nao esse corpo material )chegava ate uma sala,e haviam 3 tronos de um lado,tres de outro e uma cadeira na ponta,akilo me parecia um lugar familiar,onde eu ja estive,nao esse eu rsrsrs,um lugar q eu,o q escreve agora,nao conhece,mais minha alma comcerteza se abriga ou faz alguma coisa por la,voltando as cadeiras,eu sentei na cadeira do meio,e nas cadeiras da ponta,tinham seres de forma humanoide e de uma imponência tremenda,com roupas brancas com detalhes em dourado e vermelho,e um pouco de verde,eu so conseguia ver os olhos e a boca de todos eles,e no lugar da face,era um preto muito profundo,e olhavam pra mim com um ar de quem diz : ele veio,agora ele vai ouvir o q merece.mas ,nenhum falou nada comigo,logo depois ,em desses seres chegou,era uma figura do mesmo jeito,so q feminina,e ela esbravejava muito comigo,me dava muita bronca,so nao me lembro sobre o q ela falava,mais ai eu falei pra ela e eu iria em bora,ela dizia q eu nao podia,eu contei ate 5 em uma outra lingua,e tentei sair,e nesse momento eu estava sentado de braços abertos colados a parede,segundo eric,e eu tentei uma vez,ela falava q nao,e eu voltava pra parede como se um vacuo me puxasse,tentei mais uma vez,na terceira,abri os olhos com muito medo,e nao vi nem ouvi nada do q eu vi antes,eu so me via fundido com a parede,e olhava os meus braços,mas nao os via,tinha um minimo de conscineci ali,mas eu queria me libertar,enquanto olhava pro fceu,via muitas cores vibrantes e fluorescentes,olhava pra frente e via tipo uma paisagem,como um quadro,e nesse momento eu era uma mente em um corpo,mais meu corpo era um mundo,eu nao sentia bracos pernas cabeça,nada disso,sentia de novo q eu era tipo uma brisa,ou algo do tipo,e tentava me desprender da parede,e o broder tava em minha frente,mas eu nao conseguia ve-lo,eu sabia q ali tinha alguma coisa q eu conhecia,um portal pra voltar,n sei,ate q eu segurei a mao dele,e pude bem aos poucos ver o seu semblante,ate entao,eu nao sabia quem ele era,so sabia q akilo era uma forma de confiança,e mais aos poucos,lembrei quem eu era,nesse mundo fisico,lembrei de meu pai,minha mae e minha namorada,q sao as pessoas mais presentes em minha vida,depois senti uma agonia tremenda,por conta da areia da praia,eu sentia grao a grao de areia,me aguniando,e eu ja conseguia falar,meio embolado,e entao eu tentei levantar,mais nao tinha forças nas pernas e cai sentado denovo,depois q a euforia passa,parece uma lombra de cachaça,meio retogrida,eu achava tudo engraçado,depois fui ficando de boa,e 30 minutos depois,eu me senti muito purificado,e pude perceber realmente,q nem tudo esta perceptivel aos nossos olhos,naos ei se tomei bronca dos meus ancestrais,ou de espiritos visionarios,q me guiam,mais sei q me serviu muito.Isso é apenas 10%,é o q eu consigo transcrever,as outras coisas sao tao complexas q nao da nem pra falar..

mas é isso ,o resumo q eu posso dar e esse: é uma mente em um corpo,e esse corpo é um mundo..




Nenhum comentário:

Postar um comentário